Banner-Adaptado-FB---Dominus
out
07
2014
Presentes para o Dia das Crianças terão até 72% em impostos

O estudo realizado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) mostra informações sobre a alta carga tributária que os compradores pagarão nos presentes de dia das crianças.

          (0) voto(s).
  • Share/Bookmark
jul
29
2014
Reabertura do Refis finaliza adesão nesta quinta

Fique de olho: quinta-feira (31 de julho de 2014) é o último dia para os contribuintes pessoas físicas e jurídicas aderirem ao Refis, que foi aberto pela presidenta Dilma com a sanção da Medida Provisória nº 627. O programa permite que os empresários façam o refinanciamento de impostos atrasados.

Esta é última chance para os empresários parcelarem os seus débitos junto à Receita Federal – ou quitá-los à vista, em caso de adesão ao Refis IV (até o fim de 2013). Os contribuintes que fizeram a adesão ao Refis IV, com débitos vencidos 30 de novembro de 2008, poderão optar pelo parcelamento com redução de multas e juros (3ª Edição), desde que faça a opção até a data limite (31 de julho de 2014).

          (0) voto(s).
  • Share/Bookmark
dez
11
2013
Você sabe quanto paga de impostos em produtos natalinos?

A pouco mais de duas semanas para o Natal, as decorações e preparações da ceia estão em ritmo acelerado. Ao montar a mesa e a decoração, entretanto, não imaginamos o quanto pagamos de impostos nos produtos típicos da estação. No post de hoje, vamos falar um pouco sobre esse assunto em 8 produtos natalinos!

O rei da ceia, o Peru, concentra 29,32% de impostos em seu preço – a mesma base serve para os complementares, como o chester ou o pernil. O panetone, por sua vez, ganha da refeição principal, com 34,65% de impostos embutidos no valor. Outro complemento da ceia muito comum, as nozes, concentram 36,45% de tributos.

* * * * * (1) voto(s).
  • Share/Bookmark
jun
06
2013
Reforma do ICMS: como a unificação do imposto afeta nossas vidas?

A unificação do ICMS está em votação no Congresso já há algum tempo. A proposta, que já foi reescrita algumas vezes, diz respeito à cobrança única de uma alíquota de 4% em todos os estado do país. O objetivo é simplificar as tramitações entre os portos brasileiros, mas nem todos os estados são a favor, o que gera uma demora na aprovação da medida.

As opiniões são controversas! Enquanto alguns especialistas apoiam, outros discordam. Segundo Francisco Lopreato, professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), a unificação é benéfica, uma vez que os estados usam o ICMS para oferecer subsídios, e a competição com os demais estados acaba gerando uma Guerra Fiscal que prejudica as relações comerciais do país.

          (0) voto(s).
  • Share/Bookmark
mai
09
2013
Como a Substituição Tributária prejudica as microempresas?

A Substituição Tributária é uma forma de arrecadar os impostos pelos governos federais e estaduais, de forma que o contribuinte antecipa o pagamento dos tributos que devem ser feitos pelos clientes. Ele é feito na cobrança do ICMS e também pode ser usado para o IPI, mas a sua incidência depende do produto em questão.

Nos últimos dias, está correndo no congresso um projeto que proíbe este tipo de regime para Microempresas. A justificativa é que a fórmula impacta a carga tributária dessa modalidade de empresa, uma vez que elas se adaptem ao mesmo regime de tributação do ICMS e ISS das médias e grandes companhias.

          (0) voto(s).
  • Share/Bookmark
abr
30
2013
Dia do Trabalho: conheça alguns direitos trabalhistas importantes para o emprego e empregador!

No dia 1º de maio é comemorado internacionalmente o Dia do Trabalho. A data começou a ser reivindicada ainda em 1886, em Chicago, por meio de uma manifestação que exigia direitos trabalhistas, como a redução da jornada de trabalho para 8 horas. Essa e outras manifestações que ocorreram no período ficaram conhecidas como a Revolta de Haymarket.

Anos depois, em outras diferentes cidades, mais manifestações com o mesmo propósito começaram a ocorrer e, em 1919, o senado francês ratificou a jornada de 8 horas de trabalho e proclamou o dia 1º de maio como feriado, em homenagem aos acontecimentos em Chicago. No Brasil, essa data teve maior importância após a criação da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, promulgada em 1º de maio de 1943.

          (0) voto(s).
  • Share/Bookmark
abr
23
2013
Reta Final IRPF 2013: o que fazer ao atrasar o prazo de entrega da declaração do imposto de renda?

O prazo da entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física vai até o fim da semana, mas muitos contribuintes ainda não fizeram sua declaração! Segundo a Receita Federal, 51,9% das declarações ainda não foram entregues. Para quem não cumprir o prazo – até 30/04/2013 – será necessário pagar multa.

A Multa por Atraso na Entrega da Declaração – Maed estipula o valor de 1% ao mês-calendário ou fração de atraso. A multa é calculada sobre o valor total do imposto devido, sendo que o mínimo é de R$ 165,74 e o máximo é de 20% do imposto sobre a renda devida. O termo inicial é o primeiro dia subsequente ao fim do prazo, no caso, dia 1º de maio de 2013.

* * * * * (1) voto(s).
  • Share/Bookmark
jan
31
2013
IPTU e IPVA: dúvidas, prazos e parcelamentos!

Hoje acaba o prazo para o pagamento de parcela única do IPVA. Este ano, tanto o IPVA quanto o IPTU concedem descontos aos contribuintes que optarem por pagar em uma única parcela, embora também possam ser pagos de forma parcelada. O indicado é que as cotas sejam pagas de forma única, sendo assim quitadas logo no início do ano por um valor mais baixo.

O IPVA pode ser pago com 5% desconto até 31 de janeiro, enquanto o IPTU concede um prazo maior para os moradores de Fortaleza: 10% de desconto para quem pagar a cota única até o dia 7 de fevereiro; 5% até 7 de março, e o parcelamento pode ser feito em até 11 vezes. O IPVA pode ser parcelado em até quatro parcelas acima de R$ 50, com vencimentos para o oitavo dia de cada mês, sendo o primeiro 08/02.

* * * * * (2) voto(s).
  • Share/Bookmark
jan
04
2013
Investimentos em 2013: novas regras podem encarecer os preços dos carros

Quem já possui ou planeja comprar um carro este ano deve ficar atento às novas regras que estão estabelecidas para 2013. O aumento dos impostos obrigatórios pode impactar o bolso dos consumidores de forma significativa. A previsão é de que as mudanças diminuam as compras de carro que estavam elevadas por causa da baixa do Imposto Para Produtos Industrializados – IPI.

As leis válidas para o mercado automotivo já começam a ser postas em prática ainda em janeiro, estendendo sua validade ao longo do ano de 2013, bem como aumentando as taxas ao longo desse período.

* * * * * (2) voto(s).
  • Share/Bookmark
ago
16
2012
Cheques x Cartões de Crédito: qual é o mais vantajoso?

Hoje em dia, o “dinheiro em plástico” tem tomado conta das carteiras da população, especialmente pela grande variedade de créditos ofertados pelas entidades financeiras. Mas, muito antes deles, os cheques atuam na praça oferecendo oportunidade de parcelamentos dentro de algumas condições.

O cheque exige uma série de cuidados e observações que o põe em desvantagem perante os cartões de crédito. A facilidade ofertada pelos cartões na hora de fechar a transição é enorme, uma vez que o cliente utiliza o dinheiro de terceiros ao invés de ter o valor disponível imediatamente em conta. Dessa forma, pode aplicar em outros rendimentos durante o intervalo de pagamento.

* * * * * (4) voto(s).
  • Share/Bookmark
« Anterior