jul
29
2014
Reabertura do Refis finaliza adesão nesta quinta

Fique de olho: quinta-feira (31 de julho de 2014) é o último dia para os contribuintes pessoas físicas e jurídicas aderirem ao Refis, que foi aberto pela presidenta Dilma com a sanção da Medida Provisória nº 627. O programa permite que os empresários façam o refinanciamento de impostos atrasados.

Esta é última chance para os empresários parcelarem os seus débitos junto à Receita Federal – ou quitá-los à vista, em caso de adesão ao Refis IV (até o fim de 2013). Os contribuintes que fizeram a adesão ao Refis IV, com débitos vencidos 30 de novembro de 2008, poderão optar pelo parcelamento com redução de multas e juros (3ª Edição), desde que faça a opção até a data limite (31 de julho de 2014).

Arrecadação Federal

Com a reabertura do Refis, a margem de arrecadação pelo Governo tem aumentado. De janeiro a junho, os impostos somaram 0,28% a mais do que o mesmo período no ano passado. A expectativa, entretanto, é de que o crescimento chegue próximo a 2% com a nova possibilidade de adesão.

Segundo o secretário adjunto da Receita Federal, Luiz Fernando Teixeira Nunes, em entrevista à Exame, o esperado sobre o recolhimento do Refis é da ordem de R$ 18 bilhões até dezembro. No primeiro semestre, o recolhimento garantiu uma verba de R$ 578,594 bilhões. O bom resultado está ligado à arrecadação extra de depósitos judiciais e venda de participação societária.

Fique por dentro das datas importantes para a contabilidade, acompanhando a Dominus também nas redes sociais: Facebook | Twitter | Slideshare.

Com informações de Exame.

          (0) voto(s).
  • Share/Bookmark

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>