fev
09
2012
Fundos de renda fixa são os mais aconselháveis para investir em 2012

Quem não pensa em fazer várias viagens ao longo do ano, jantar em restaurantes agradáveis e investir na educação (sua e dos filhos)? Esses motivos são, normalmente, os maiores objetivos de quem dedica parte da sua renda aos investimentos. Mas, para quem está começando nesse meio, fica a principal dúvida: onde investir?

Existem diversas opções de investimento no mercado, aliadas a muitos fatores que devem ser estudados. Mas, voltando as atenções para 2012, a dica dos profissionais é que a prioridade sejam os Investimentos em Renda Fixa. Em entrevista à Folha, a estrategista da Fator, Lika Takahashi, explica: “No geral, a relação risco/retorno não é favorável para as bolsas. Na dúvida, fique com a renda fixa, mesmo com a perspectiva de juros menores”.

A relação do Brasil com a China e a incerteza da economia na Europa também influenciam nessa escolha. Segundo a revista Exame, em entrevista com a corretora Planner, os investimentos na bolsa serão os mais afetados devido a essa instabilidade. Portanto, a dica é esperar os primeiros meses do ano, a fim de investir com mais prudência e aguardar o retorno dos fundos de renda fixa para dedica-los a um momento posterior em outras aplicações.

Tesouro Direto

Quem não possui um grande capital para investimento pode começar pelo Tesouro Direto. A compra dos títulos públicos pode acontecer por meio de corretoras (algumas nem cobram taxa de administração) ou ainda pela Internet.  Neste investimento, também existe a opção de ser pré ou pós-fixado, e ainda de curto, médio ou longo prazo.

Os títulos públicos ofertados pelo Tesouro Direto são títulos de renda fixa que financiam a dívida pública. Como é vinculado ao Tesouro Nacional, seu risco é muito baixo e sua liquidez é garantida. A desvantagem fica quando a inflação e os juros caem e, então, a rentabilidade também diminui. Apesar disso, este é um ótimo investimento para quem tem objetivos financeiros estabelecidos, como uma viagem, uma pós-graduação ou a aposentadoria.

Links úteis »

Para saber mais sobre auditoria interna, auditoria externa, investimentos e economia, curta a Dominus no Facebook. Siga nosso Twitter para ter essas notícias em sua timeline e visite nosso site para conhecer nossos cursos e nossos serviços: http://www.dominusauditoria.com.br. Até o próximo post!

Com informações da Folha Online, Revista Exame; vídeo do Como Investir e imagens do Google Imagens.

* * * * * (3) voto(s).
  • Share/Bookmark

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>