nov
13
2012
Conta de energia: como deixá-la mais barata no fim do mês!

O fim do mês, normalmente, é uma época de desafios: tentar fazer todas as contas caber no orçamento e ainda ter o suficiente para ficar tranquilo. Dentre as contas a pagar, a de energia ocupa o topo das que mais pesam no bolso. No post de hoje, daremos algumas dicas de como evitar um susto na hora que a conta chegar!

Antes de tudo, é preciso se atentar para o tipo de aparelho que está consumindo energia. A maioria dos eletrodomésticos já aderiu a sistemas de menor consumo, garantidos pelo Selo Procel Inmetro de Desempenho. Desenvolvido pelo Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica – Procel, o selo indica os aparelhos que consomem menos quilowatts em uma escala que vai de A a E, na qual a A é o nível de consumo mais baixo.

O tipo de tecnologia usada pelo aparelho também tem importância na hora de comprar. No caso de monitores e televisores, dê preferência ao LED – ele é mais ambientalmente e economicamente sustentável do que o LCD e o Plasma. Embora o preço do produto possa ser um pouco mais elevado, a economia será refletida na conta.

Atualmente, já existem também lâmpadas de LED, que podem reduzir o consumo de energia em até 80%. No caso de não encontrar, substitua as lâmpadas incandescentes por fluorescentes compactas ou circulares, especialmente em ambientes que ficam iluminados por mais tempo. Uma dica é abrir as janelas e cortinas para evitar ligar a luz durante o dia. Pintar a casa com cores claras também ajuda na iluminação.

Quando não estiver usando, desligue os aparelhos da tomada. Evite desligar os televisores apenas no controle remoto e programe o timer do aparelho se for ver perto da hora de dormir. Pode parecer besteira, mas o consumo do standby dos aparelhos pode representar 12% do valor total de uma conta de energia.

Antes de fazer qualquer instalação elétrica, contate um especialista na área, pois uma fiação mal feita pode prejudicar os aparelhos e aumentar o consumo. Se possível, não utilize aparelhos elétricos no horário de pico (especialmente o ferro elétrico, que sobrecarrega a rede). E lembre-se de controlar a temperatura de aparelhos como geladeira e ar-condicionado de acordo com o clima: em tempos mais frios, diminua a potência.

Veja mais dicas de economia e saiba mais sobre contabilidade e auditoria acompanhando nossas redes: Facebook | Twitter | Slideshare. Conheça também nossos cursos com inscrições abertas: IRFS e Práticas em Auditoria.

Com informações da Revista Mulher Brasileira.

* * * * * (2) voto(s).
  • Share/Bookmark

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>